IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

You

Imagem relacionada
mt lindo
"Amor, não vai dar mais para ir ao cinema... Te ligo em cinco minutos para explicar."

Essa foi a mensagem que Louis Tomlinson me mandou, cancelando nosso encontro, enquanto eu terminava de passar (sofridamente) o delineador. Bufei, não acreditando que ele ia desmarcar agora, em cima da hora! Eu já estava quase pronta! Definitivamente não está nos meus planos ficar em casa sábado a noite, depois de uma semana inteira estudando e trabalhando, eu mereço uma diversão.
A foto do meu namorado apareceu na tela do meu celular, avisando que ele estava ligando, e eu larguei a maquiagem em cima da mesa. Deslizei o dedo pela tela para atendê-lo, ouvindo sua voz logo em seguida:

-Amor, me perdoa, mas os garotos marcaram uma reunião com o McFly na casa do Niall hoje e eu tinha esquecido. Eles acabaram de me lembrar.
-Não acredito, Louis! -murmurei, irritada.
-Eu sei, eu vacilei, mas realmente não dá para faltar, se pudesse eu já estaria indo te buscar.
-Tá, tudo bem... -disse, desanimada- a Kate ontem me chamou para sair com ela e eu recusei porque achei que ia sair com você, mas como você acabou de me dar um bolo, eu vou com ela.
-Ai, amor, sinceramente, não acho uma boa ideia... -ele disse, meio incerto.
-Por que?
-A Kate só vai para lugares que tem pessoas estranhas e garotos babacas... -ah, ele ia ficar com ciúmes agora?
-Com isso você não precisa se preocupar, amor.
-Mas eu não quero que você vá para esses lugares sem mim, s/n, sabe que eu não gosto -disse, começando a se irritar.
-Louis, não vou ficar em casa hoje...
-Cara, você é muito teimosa -reclamou.
-Eu vou desligar porque minha paciência está acabando e eu não quero brigar com você -avisei, finalizando a chamada.

[...]

Kate segurou minha mão e foi me guiando por entre as pessoas presentes naquele restaurante/bar. Estava lotado, e isso me desagradou um pouco porque dar um simples passo era uma missão quase impossível, mas Kate parecia estar no paraíso. Ela é o tipo de garota que ama esses lugares agitados e quase todo final de semana está presente. Conseguimos chegar no bar com (muito) esforço e dois garotos cederam seus lugares para nós, vendo que a gente não ia conseguir pedir nunca. Nos sentamos e pedimos as bebidas.

-Fiquei feliz por você ter vindo, achei que ia ter que curtir a noite sozinha -Kate disse, sorrindo.
-Curtir a noite sozinha não é um problema para você -respondi, e ela concordou rindo.
-Verdade, mas uma companhia nunca é demais, ainda mais sendo uma amiga gata como você -eu ri.
-Obrigada... Louis esqueceu de uma reunião com a banda e desmarcou em cima da hora -revirei os olhos.
-Vish! Mas acontece, né... -ela deu de ombros.
-Sim, mas eu fiquei bastante chateada.
-Pelo menos você não ficou em casa, veio se divertir comigo! -ela disse, alegre.
-E ele não gostou disso.
-Oush, por que? 
-Ciúmes -revirei os olhos- enfim, não vamos ficar a noite inteira falando dele, certo? Até porque depois a gente se acerta.
-Sim, e de uma maneira bem prazerosa... -ela piscou e eu gargalhei.
-Ridícula.

Ficamos por ali mesmo conversando mais um pouco e bebericando nossas bebidas. Depois Kate me chamou para dançar um pouco, mas eu ainda não queria, então insisti para que ela fosse sem mim. Bufei, irritada comigo mesma. A noite não era para ser assim, era para eu estar me divertindo agora. Mas a real é que o que eu queria mesmo era estar com Louis, vendo qualquer filme que estivesse em cartaz no cinema.
Eu já estava digitando uma mensagem de desculpa para ele, quando por ironia do destino, ele me manda uma mensagem perguntando onde eu estava. Sorri, sabendo que ele provavelmente estaria na reunião super desconfortável por eu ter saído com Kate e sem ele.
Respondi-o dizendo o nome do bar, e ele mandou um emoji de raiva. Comecei a rir e já ia responder uma gracinha, mas ele foi mais rápido (de novo) e mandou um:

"estou indo te buscar." 
"Não precisa, daqui a pouco estou indo para casa" respondi.
"Não. Estou chegando, me espera do lado de fora."

Comecei a olhar para todos os lados procurando Kate, eu queria avisá-la que estava indo, mas quando percebi que ela estava se divertindo muito com um bonitão, mudei de ideia. Ela só ia lembrar de mim no dia seguinte.
Caminhei, ainda com dificuldade, para fora do bar. Senti algumas mãos na minha bunda pelo caminho, mas eu não queria criar confusão, então apenas olhei para os idiotas com um olhar fuzilante.
Parei na entrada do bar, e quando olhei para o lado, identifiquei o carro de Louis chegando na rua. Ele parou o carro bem em frente ao estabelecimento e seus olhos logo me encontraram. Fez um meneio de cabeça, como um pedido silencioso para que eu entrasse logo no carro e assim eu o fiz.

-A reunião foi rápida, né? -perguntei, assim que o carro começou a andar novamente.
-Não. Eu saí assim que eles falaram as coisas mais importantes -respondeu, de cara fechada. Ele estava chateado comigo.
-Lou, não tem motivo nenhum para você ficar chateado comigo!
-Não tem motivo nenhum? -repetiu, com um tom de incredulidade- claro que tem, s/n! 
-Não, não tem! Aliás, eu que tenho motivo para ficar irritada contigo, já que você me deixou na mão.
-E eu já pedi desculpas por isso! Eu tinha esquecido completamente.
-Beleza, mas você não pode ficar boladinho comigo só porque eu saí com uma amiga para tentar me divertir um pouco.
-Você sabe muito bem porque eu fiquei chateado, s/n, e eu nunca te impeço de sair com ninguém, mas hoje eu só queria que você não saísse sem mim -disse irritado e parou num sinal vermelho.
-Ok, Lou, eu não quero brigar, eu não gosto disso -falei, me virando em sua direção e fazendo um carinho em seu cabelo- então desculpa se você não gostou disso, ok? -falei, dando um beijinho em sua bochecha- se você quer ouvir que está certo, tudo bem, eu digo: você está certo! -afirmei, e ele revirou os olhos, sorrindo. Me roubou um selinho rápido.
-Na verdade, o que eu queria mesmo é que você fosse menos teimosa as vezes, mas eu sei que isso é um pouco difícil.
-Posso tentar ser menos teimosa se você for menos esquentadinho...
-Aí você já está querendo demais... -murmurou, enquanto puxava minha nuca para um beijo e eu ria- está a fim de um cineminha agora?
-Com certeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário