IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Tio Cody é legal

Resultado de imagem para niall horan tumblr

"Amor, busca o Dylan na escola, por favor? Estou presa no trânsito."

Enviei essa mensagem para Niall com a esperança de que ele não demorasse a visualizar, até porque falta apenas 20 minutos para a saída do nosso filhinho e eu não ia conseguir chegar a tempo para buscá-lo.

"Amor, tive uma reunião de emergência, só saio daqui depois de duas horas :( e agora? Tenta pedir para a Dasy."

Ele se referiu a nossa vizinha, mas o horário da saída dos filhos dela já tinha acontecido, ainda mais que era em outra escola.

Ok. Posso dar um jeito nisso... É só pensar, né? E ainda tenho tempo para fazer isso, ainda mais que estou presa nesse engarrafamento ridículo. 

Pensei, pensei, pensei e... CLARO! Como não lembrei dele antes? Cody, meu amigo! Ele mora próximo a escola de Dylan, pode buscá-lo para mim. Não demorei e logo disquei o número de meu velho amigo, ele é minha única esperança:

-Alô?
-Oi, S/n! Tudo bem? 
-Mais o menos. Preciso de um favorzão seu.
-Pode falar.
-Você pode buscar o Dylan na escola para mim, por favor? Eu estou presa no engarrafamento e Niall está em reunião.
-Posso buscar, sim, claro! Mas seu marido não vai achar ruim, não? -Ah, esqueci de comentar que Niall tem um pouquinho de ciúmes dele. Mas é nosso filho, né?
-Acho que ele vai entender, não precisa se preocupar com isso não. 
-Então, tudo certo.
-Muito obrigada, Cody, não sei nem como te agradecer. 
-Que nada, você sabe que eu adoro o pequeno Dylan.
-Ele também te adora -Sorri- Valeu mesmo. Assim que conseguir me livrar do engarrafamento, passo na sua casa para pegar ele.
-Combinado -Ele soltou uma risada- Que horas ele sai mesmo?
-Daqui a cinco minutos.
-Ok. Boa sorte aí, s/n.
-Obrigada, vou precisar mesmo -Ri também. 

[...]

Bati na porta da casa de Cody e ele não demorou para abrir. Me levou até a sala, onde Dylan estava, rodeado de brinquedos.

-Você compra brinquedos para crianças? -Me surpreendi.
-Na verdade, é do meu sobrinho.
-Ah, entendi -Ri, observando meu filho se divertir. Ele ainda nem tinha me visto ali.
-Dylan... -Cody chamou-o e ele logo virou a cabecinha. Quando me viu, abriu um sorrisão e tratou de levantar do tapete, vindo até mim com os bracinhos abertos.
-Mamãe!!! -Me agachei para recebê-lo. O abraço foi muito carinhoso. Dei vários beijinhos, e em seguida, peguei-o no colo.
-Se divertiu, filho? -Perguntei e ele respondeu assentindo a cabeça freneticamente- Que ótimo! Mas agora temos que ir embora -Ele fez uma carinha triste, mas eu sabia como consertar isso- Papai deve estar chegando e vai querer te ver!
-Eba! Papai! -Vibrou em cima do colo.
-Dá um abraço no tio Cody e agradeça-o por ter te buscado na escola -Coloquei ele no chão.
-Obigado, tio Cody! -Deu um abraço no meu amigo, que sorriu para ele.
-Sempre que precisar, amigão! -Bagunçou o cabelo do pequeno.
-Vamos? -Perguntei.
-Vamus! -E ele pulou no meu colo outra vez.
-Cody, obrigada mesmo, hein!? Você foi essencial! Valeu por existir -Rimos e eu me despedi dele com Dylan em meu colo.
-Ah, eu adorei ficar com ele! Pode falar sempre que precisar.

[...]

Dei banho no Dylan e logo depois, deixei-o assistindo desenhos enquanto cozinhava.
Logo depois meu marido chegou, causando histeria no nosso filho.

-Fala aí, filhão! -Deu um beijo no topo da cabeça dele.

Em seguida, veio para a cozinha, onde eu estava. Me deu um selinho e um abraço forte.

-Como foi a reunião? -Perguntei.
-Cansativa e chata -Fez uma careta.
-Vai tomar um banho para relaxar -Fiz carinho em seu pescoço- E depois desce para jantar. 
-Ai, tenho que agradecer muito a Deus por Ele ter me dado você -Me abraçou, beijando toda a parte do meu rosto.
-Tem mesmo. Sou exclusiva -Brinquei.
-É mesmo. Mulher exclusiva do cantor e compositor Niall Horan! -Gargalhei.
-Isso mesmo, amor! -Dei um selinho demorado- Agora vai tomar banho- virei-o de costas pra mim e fui o empurrando até a escada.
-Filho, olha o que a mamãe tá fazendo comigo! -Niall se fez de sofrido para Dylan, que me olhou indignado.
-Filho, ele não quer ir tomar banho, por isso tô empurrando ele. Manda ele tomar banho!
-Papai, vai tomar banhu -Ele disse, fazendo cara de bravo. Ficou fofo.
-Até você ta contra mim, filho? -gargalhei.
-Cala a boca e sobe, Niall.
-Vocês que mandam, né.

[...]

-Conseguiu alguém para buscar ele na escola? -Niall perguntou, durante a janta.
-Sim, tive que dar um jeito né.
-Quem foi? Dasy?
-Não. Pedi ao Cody.
-Sério? -Niall perguntou, parando o garfo no meio do caminho até a boca.
-Sim. Qual problema? -Dei de ombros, agindo normalmente.
-Nenhum problema. Adorei ele ter ido pegar nosso filho na escola! -Disse, irônico.
-Também adorei -Falei, ignorando a ironia dele- E o Dylan também adorou, né, filho? 
-Sinhê! Tio Cody é legal.
-É mesmo, filho! -Concordei, fazendo Niall me olhar fundo.
-Muito legal ele, né, S/n! Legal e caidinho por você -Debochou.
-Amor, ele tá até namorando, não inventa coisa aonde não tem.
-E daí que ele tá namorando? Ele pode continuar gostando de você -Revirei os olhos
-Ciumento demais, meu Deus -Disse, rindo e dando um selinho rápido nele.
-Xiumento
-Ciumento, filho -Corrigi-o.
-Ele quer roubar você e ainda vai querer roubar nosso filho, pegando ele na escola. Como você permite isso?
-Meu Deus, que exagero, amor! Ele nunca vai me roubar de você, ok? -Mandei beijo no ar- Ele fez um ato de bondade por nós e é assim que você agradece?
-Posso agradecê-lo, batendo nele. O que acha?
-Tio Cody é legal! -Dylan falou de novo, me fazendo rir.
-Não repita mais isso, senhor Dylan -Niall falou, fazendo cara de bravo.
-TIO CODY É LEGAL! -Repetiu, dando uma gargalhada gostosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário