IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Foi você quem fez isso

GENTEEEEEEEEEEEEEEE SOCORRINHO
Procurei, procurei, procurei e nada de encontrar meu relógio novo. Gritei a s/n incontáveis vezes para perguntar se ela sabia onde estava e ela só me mandou procurar, dizendo que quem tinha que saber era eu. Então, para não discutir, procurei sozinho mesmo. Vi na cama, na cômoda, nos banheiros e NADA!

Decidi procurar somente no quarto onde eu durmo, porque me lembro de ter colado ele por lá. Não é possível que o relógio tenha saído andando sozinho, né, por favor!

Abri a porta do guarda-roupa onde ficava os hidratantes da s/n, essas loções de mulher e nossos perfumes e desodorantes. Passei a mão por ali com a esperança de conseguir achar meu tão precioso relógio. Sem querer, esbarrei fortemente em um dos perfumes de s/n e o mesmo caiu no chão com tudo, partindo-se em vários pedaços e deixando nosso quarto com aquele cheiro feminino. Xinguei baixinho vendo a merda que eu tinha feito. Ela vai me matar.

-Amor? -Desci as escadas, procurando por ela e pensando como eu ia contar.
-Tô aqui na cozinha, neném! -Sim, ela me chama assim. Até que gostei porque ela não estava de mau humor. Seria pior ainda.

Fui até ela, coçando a cabeça e fazendo uma leve careta. Como eu ia contar isso, meu Deus? Eu mesmo tinha dado aquele perfume para ela!

-Preciso te contar uma coisa não muito... Agradável -Disse e ela parou o que estava fazendo, me encarando.
-Me diga que você não entupiu o vaso de novo? -Ela perguntou, aparentemente apreensiva.
-Eu não entupi o vaso de novo.
-Ufa... Quebrou a descarga?
-Não.
-Matou nosso peixe? 
-Também não.
-Arrebentou as cordas de violão que o Niall deixou aqui?
-Nope.
-Ai, já sei! -Ela colocou a mão na boca, como se estivesse chocada. S/n deve ter descoberto. O cheiro deve ter chegado até ela. Já ia começar a me explicar, mas então ela complementou- Você arranhou o meu disco de vinil do McFly! -TIPO, O QUÊ?- Caraca, Zayn, aquilo era uma preciosidade, não existe mais em lugar nenhum e...
-AMOR -Interrompi-a, rindo- Eu não fiz isso, relaxa -Ela suspirou, aliviada e eu me aproximei.
-O que você fez, Malik? -Me olhou fundo e eu resolvi falar de uma vez.
-Quebrei seu perfume! -Fiz uma careta e prestei atenção na reação dela. Os lábios de s/n formaram um "O" e ela ainda arregalou os olhos. Tô ferrado.
-Você o quê? -Perguntou, baixo.
-Eu juro que foi sem querer, amor.  Eu estava procurando o relógio e esbarrei nele, daí ele caiu no chão, mas não foi de propósito, posso te garantir.
-Foi o 212 Sexy? -Assenti levemente com a cabeça e ela levou as mãos até o rosto, cobrindo-o todo- O que eu faço com você, Zayn? -Deu um gritinho afeminado e eu tive vontade de rir, mas claro que não fiz isso. Seria capaz dela me enterrar vivo.
-É só um perfume, amor...
-Como assim "só um perfume"? É o 212 sexy! Meu perfume favorito e foi você quem me deu!
-Eu realmente não queria quebrá-lo. Sinto muito
-Eu sei que sente, neném. Mas ainda sim é o 212 sexy -Fez uma carinha de choro. Tão fofinha.
-Eu compro outro, sem problemas. Compro até 10 caixas se você quiser! -Tentei melhorar e acho que funcionou porque ela me olhou sorrindo.
-Tudo bem, vamos ao shopping agora. Ok? -Safada, não?
-Mas e meu relógio? Ainda tenho que achá-lo! -Lembrei.
-Eu não mandei você quebrar meu perfume favorito, Malik! -Avisou- Vou me trocar.

Logo, ela subiu as escadas e eu bufei. Eu merecia aquilo. Infelizmente.

-AH! -Ela apareceu de novo- E antes de irmos, você vai limpar a poça que o perfume formou, tá?
-Ah, s/n, qual é?! -Reclamei.
-Eu não vou aguentar ver meu perfume derramado no chão! Foi você quem fez isso.
-Tá, não joga na cara, vou limpar -Bufei, mais uma vez

Nenhum comentário:

Postar um comentário