IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Ligue a seta.

Resultado de imagem para louis tomlinson tumblr

-MAS QUE MERDA, LOUIS! -Gritei, e já devo ter dito essa frase umas mil vezes- Eu estou vendo a merda do carro que está atrás de mim, tem como entender isso?
-MAS VOCÊ TEM QUE LIGAR A SETA, S/N, O CARA NÃO VAI ADIVINHAR PARA ONDE VOCÊ VAI VIRAR, OK? -Ele gritou, nervoso e eu revirei os olhos, xingando baixo.

O problema é: Eu tirei carteira de motorista recentemente e meu querido e tranquilo namorado estava me ajudando a praticar. Só que ele é um pé no saco! Na verdade, ele não ajuda. Só fica mandando e falando que está faltando isso ou aquilo. Toda vez que eu saio com ele, fico desse jeito.

-Eu sei disso, e eu ia ligar a seta, mas você cisma em abrir essa boca! -Disse, bufando.
-Sei muito bem como você ia ligar a seta -Ele revirou os olhos e eu respirei fundo, tentando prestar atenção nas ruas e nos carros na minha frente.
-Pisa no freio, tem um quebra-mola ali na frente -Avisou, calmo depois de um tempo.
-Eu vi o quebra-mola e eu sei o que fazer -Avisei, tentando ficar calma também.
-Ótimo, né, pelo menos isso -Murmurou e eu freei o carro bruscamente- (S/N)! -Ele gritou.
-LOUIS -Gritei também, irônica- Eu não dirijo mais um segundo perto de você.
-Mas, garota, como... -Ele perguntou confuso, mas eu não me importei e abri a porta do carro, saindo do mesmo, em seguida. Dei a volta pelo carro, e abri a porta em que o Louis estava sentado, me dando as "instruções" dele- Anda, você dirige agora.
-Mas, s/n...-Ele tentou, mas eu o interrompi.
-Anda logo, Louis -Pedi mais uma vez.

Esperei ele sair do carro, e quando ele fez isso bufou, indo para o banco do motorista. Ouvimos buzinas de outros carros reclamando, e isso fez com que Louis logo desse partida no carro. Quando chegamos perto de casa, fiz questão de avisar:

-Hoje mesmo eu vou ligar para o Cristopher. Ele sim sabe me ajudar a praticar -Saí do carro, quando ele estacionou em frente ao meu apartamento. Percebi que ele saiu do carro e ouvi uma risada debochada vindo dele, claro.
-Até parece que eu vou deixar você se encontrar com esse maluco. -Disse e eu o encarei, esperando um complemento- Ah, qual é, s/n? Você tem um namorado que dirige pra caraca e quer pedir ajuda a um idiota qualquer!?
-Cristopher não é um "idiota qualquer" e ele também dirige super bem. E aliás, ele me AJUDA -Frisei bem a palavra- Você só sabe mandar. -Entramos no elevador.
-Hey, eu não ficaria só mandando se você não me deixasse estressado! -Ele disse e eu olhei para ele incrédula, não evitando uma risada.
-Ah, agora eu te deixo nervosa? -Perguntei, ainda não acreditando- Meu amor, se você não ficasse só mandando, não me deixaria estressada! -Concluí.
-Ah, s/n, precisamos chegar num acordo logo, eu não quero você com esse Cristopher. Até parece que você vai ter aulinhas com ele -Riu mais uma vez no tom de deboche.
-Eu teria umas aulinhas com ele de boa -Disse, mostrando indiferença e ele me encarou sério- E o acordo é: PARA de querer falar tudo o que eu tenho que fazer quando pego no volante -Pedi, bem perto dele. O elevador se abriu, e nós saímos logo dele, entrando no apartamento.
-Não é bem assim que funciona, tá? -Ele parou de andar e colocou as mãos na cintura, me encarando.
-É exatamente assim que funciona, você sabe muito bem disso! -Fiz o mesmo que ele, observando-o bufar.
-Ok, eu mudo meu jeito, tá? -Ele disse, meio contrariado e eu sorri- Mas você não vai chegar nem perto desse seu professor particular -Concluiu, mas eu fui correndo abraçá-lo.
-Pra que eu chegaria perto dele se eu tenho o melhor motorista do mundo comigo? -Perguntei e me soltei dele, o encarando.
-Agora eu sou o melhor motorista do mundo, né? -Ele riu, me apertando forte- Vou ser o melhor instrutor também.
-Ah, eu sei que vai...

Nenhum comentário:

Postar um comentário