IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Happy Birthday!



Eu estou sem falar com o Louis há três dias. NA SEMANA DO MEU ANIVERSÁRIO. Como ele pôde fazer isso comigo? Que tipo de namorado ele é? Ah, já sei! O tipo de namorado que esquece da namorada na semana do aniversário dela. Não é lindo? Poxa, cara, fiquei e ainda estou muito irritada com ele. Ele desapareceu. Não liga mais, não me manda mensagem, não saímos de noite. TRÊS DIAS SEM FALAR UM "OI" COM ELE.

Amanhã é meu aniversário e, bom... Não vou fazer festa. Porém, não ia deixar passar em branco, então chamei uma galera para ir comigo em um rodízio de pizza. Oito, -repito- OITO PESSOAS FALARAM QUE NÃO IAM MAIS PODER IR. Fiquei muito chateada, claro, mas só não cancelei porque três meninas poderiam ir e como eu já tinha combinado com elas, ficaria super chato desmarcar, ainda mais em cima da hora.

No dia seguinte...

Passei o batom e chequei meu visual uma última vez no espelho. É, aquele vestido estava me caindo bem... E até que o salto e a maquiagem ajudaram um pouquinho! Peguei minha bolsa em cima da cama e desci as escadas. Não estava completamente feliz. Na verdade, nem sei se estava feliz! Eu queria que meu namorado estivesse me dado alguma satisfação de ter sumido assim, de repente. E uma outra explicação pelo motivo de quase todos os meus convidados falarem que não ia poder ir mais para um simples rodízio de pizza. É, sem dúvida alguma é o meu pior aniversário.

Encontrei as minhas poucas convidadas na sala de estar. Elas estavam conversando com os meus pais, mas logo o assunto se encerrou. Depois de eu cumprimentar as meninas e ouvir elas me desejando um "feliz aniversário", fomos para o carro a caminho da pizzaria. (Mas vale constar que eu já perdi a fome) [...] Chegando lá, percebi que estava fechado, então olhei frustrada para as minhas três convidadas.

-Acho que não está fechado, Mari.
-Tá sim amiga, olha como está escuro.
-Acho que é assim mesmo, não tem recepção -Ela deu de ombros.
-Então vamos lá ver, né!

Elas assentiram e nós começamos a caminhar em direção a porta de vidro do restaurante. Uma das meninas abriu a porta, e então, as luzes que antes estavam apagadas, se acenderam de forma rápida e um coro a seguiu:

-SURPRESAAAAAAAAAAAAAA!!!!!

Meus amigos, meus pais e MEU NAMORADO gritaram. Aquele local estava bem cheio. Ah, esqueci de falar: Eu fiquei tão feliz que não existe nem mais espaço para meu sorriso no rosto, de tão grande que ele está. As meninas sorriram para mim e então, uma música começou a tocar, fazendo meus amigos dançarem. Enquanto ia entrando devagar naquele espaço, fui cumprimentando as pessoas a minha vista, que não cansavam de me desejar um "parabéns!" Mas eu estava procurando por ele. Só que o safado saiu do meu campo de visão. Resolvi tentar esquecer Louis, -e colocar na cabeça que uma hora ele vai aparecer- e fui dançar com algumas amigas.

Até que... Uma mão forte puxou meu braço, fazendo com que eu me distanciasse das garotas. E tudo o que eu vi ao abrir os olhos foram aqueles olhos tão adoráveis do meu namorado incrivelmente maravilhoso! Ele estava impecável! Blusa de mangas cumpridas, aquela calça jeans bem a cara dele e o all star que ele não larga nem por um decreto! Ele deu aquele sorriso maravilhoso e eu quase me derreti por completo.

-Você é um garoto imprevisível, Louis Tomlinson -Disse, envolvendo meus braços no pescoço dele, que agarrava minha cintura, deixando nossos corpos colados. Ele riu com minha fala.
-Ah, vai dizer que não gostou? -Ele beijou a ponta do meu nariz- Foi difícil ficar sem te ver alguns dias para mim também, mas em pensar que eu ia ver esse sorriso no final de tudo me encorajou a fazer essa festa surpresa!
-Eu sei, meu amor, e eu adorei! -O abracei forte- Obrigado. Já disse que te amo muito?
-Já, mas é sempre bom ouvir de novo! -Ele disse e nós rimos, saindo do abraço, e nos encarando outra vez.
-E, você tem mais alguma coisa para me dizer? -Mordi os lábios, ajeitando a gola da camisa dele... Fazendo um charme.
-Feliz aniversário? -Ele se fez de desentendido. Ele ficava estupidamente lindo assim.
-Ok, mas mais o quê? -Tentei novamente, alisando as bochechas dele.
-Você está linda nesse vestido -Ele agiu da mesma forma que antes.
-Ok, Louis Tomlinson. Agora seja educado e fale o que eu quero ouvir -Cerrei os olhos para ele, que sorriu daquele jeito completamente MARAVILHOSO dele antes de falar:
-Eu te amo, Mariana! -Aí sim, nós nos beijamos.

E corrigindo uma coisinha: Esse foi o melhor aniversário da minha vida.




Nenhum comentário:

Postar um comentário