IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Discussão de Relação (DR)


Passava Jogos Vorazes na tela da minha TV e aquilo estava me prendendo de uma forma meio que diferente. Como eu só fui ver esse filme agora, cara? É muito, muito, muito bom! To apaixonada, de verdade...

Levei mais uma mão cheia de pipoca até a minha boca e mastiguei bem. Pipoca é uma outra coisa que eu tô adorando mais que o normal nos últimos dias. Sempre amei, mas ultimamente estou mais que amando. Pipoca é pipoca!

A minha campainha (que tem o sol um pouco alto e irritante) tocou, me fazendo revirar os olhos e torcer para que a pessoa que estava atrás da porta desistisse de falar qualquer coisa que seja comigo. A não ser que fosse o Josh Hutcherson... (ele tá lindo demais no filme. MELHOR, ele É lindo demais, vamos concordar, né).

Me levantei preguiçosamente do sofá e fui me arrastando até a porta. Eu estava com meu pijama quentinho e não ia trocar por quem for que estivesse do outro lado daquela porta. Eu adoro ficar assim em casa e é assim que vou ficar. Ninguém mandou interromperem meu filme e minha comilança.... Abri a porta e, bom... Não é o Josh Hutcherson!

-Ai, Liam, o que você está fazendo aqui? -Perguntei, assim que vi a figura que me esperava atrás da porta. Acho que era melhor eu nem ter aberto.
-Acho que o namorado tem que visitar a namorada -Ele disse, e saiu entrando pela minha casa. Bicho abusado.
-Você ERA meu namorado, se conforme com isso e mete o pé da minha casa! -Quando terminei a frase, ele já estava sentado no sofá.
-Jogos Vorazes, (s/n)? Você costumava ter bom gosto para filmes -Primeiro eu pensei: COMO ELE NÃO GOSTA DE JOGOS VORAZES? E depois eu pensei: Quem ele pensa que é para estar se metendo nos meus filmes? Respirei fundo antes de prosseguir.
-Liam, -Tentei ser calma- Levanta da merda desse sofá e vai embora daqui, por favor.
-Posso receber um beijinho primeiro? -Ele caminhou em minha direção, e já ia me agarrar, porém eu desviei.
-Você está ficando maluco? Que mané beijinho, Liam Payne. Sai da minha casa!
-Ok, (SeuApelido), eu vou ser sério agora. Eu vim aqui porque precisamos conversar, você sabe muito bem disso.
-Não temos nada para falar um para o outro, então por favor, queira se retirar.
-Você pode não ter, mas eu tenho, então deixa de ser teimosa e me escuta.
-Não! -Disse, rápido.
-20 minutos, (SeuApelido).
-Não, Liam!
-10 minutos? -Bufei.
-Cinco e anda logo, não tenho o dia inteiro.
-Ah, e o que você vai fazer pelo resto do dia? Assistir em chamas e... Comer pipoca? -Ele direcionou o olhar para o balde de pipoca em cima do sofá.
-Para de se meter na minha vida e vai direto ao ponto. Já perdeu alguns segundos -Sorri irônica e ele revirou os olhos- Anda, Liam!
-Ok, ok! -Cruzei os braços e fiquei prestando atenção nas palavras dele- Eu sei que fui um tolo no passado...
-Continua sendo -O interrompi e ele me repreendeu com o olhar- Ok, continua.
-Sei que errei em várias coisas, mas por mais que eu não demonstre, eu gosto de você. Gosto muito! Aliás, nem gosto, amo! Acho que a maior burrada que eu fiz foi destruir nosso relacionamento. Eu realmente adorava passar meu tempo com você, (S/n).
-Você devia ter percebido essa sua burrada antes -Disse, apenas, encarando meus pés.
-Acabou mesmo, tem certeza?
-Acabou, Liam... Mesmo -O encarei.
-Podemos tentar de novo, (s/n).
-Não! Não podemos -O cortei.
-E por que? -Ele pareceu inconformado.
-A gente não dá certo junto, ok? Nós já tentamos isso uma vez e eu me machuquei muito, então chega de tentativas! Entenda de uma vez por todas que nós não somos feitos um para o outro, somos completamente diferentes!
-Eu prometo mudar, (SeuApelido)...
-Do que adianta prometer se eu sei que você não vai cumprir? Chega, Liam! Vai embora.
-Ok... -Ele disse baixo, para ele mesmo. Respirou fundo e depois de um tempo começou a falar- Há mais o menos três anos atrás eu vi você no pático da escola. Estava lendo um livro e com os fones no ouvido. Eu te achei a menina mais bonita de todo aquele colégio desde esse momento -Ele sorria de uma forma nostálgica e eu achei aquilo fofo- Comecei a me aproximar mais de você e eu sei que foi errado eu ter feito isso só porque te achei linda, mas depois que eu te conheci melhor, vi a pessoa incrível que você é, (SeuApelido). E então eu comecei a lutar pelo seu amor, porque você deixou bem claro que não queria sair comigo naquele momento -Ele soltou uma risada, e eu fiz o mesmo, só que baixo- Obviamente eu não desisti porque eu estava apaixonadão por você, queria te conquistar a todo o custo! Depois de alguns longos meses eu finalmente consegui ter seu amor e eu não pude ter alegria maior. Eu sei que depois dos primeiros meses de namoro, eu não fui o seu namorado dos sonhos ou o namorado que você merecia ter, mas eu realmente te amava, como ainda te amo. Não acho que seja certo nós jogarmos todo esse tempo de espera por água abaixo agora. Não é nem um pouco justo. Sei que eu sou o errado da nossa história, mas eu quero consertar isso, principalmente o fato de não ter te conquistado todos os dias, como eu deveria ter feito. Depois que você permitiu que eu entrasse na sua vida, eu me esqueci de como é te fazer cantadas idiotas ou fazer um simples elogio, recebendo um sorriso maravilhoso seu em troca. Me desculpa, (SeuApelido). Eu ainda te amo muito, muito mesmo e VOU mudar. Por você. Por nós.
-Ai, Liam... -Ele se aproximou e segurou meu rosto com suas duas mãos.
-Por favor, (SeuApelido). Apenas mais uma chance, é tudo o que eu te peço. Se eu fizer merda de novo você pode me dar um chute na bunda -Eu ri, sem querer.
-Tudo bem, Liam, acho que podemos tentar de novo... -Ele abriu um sorriso enorme e me abraçou (lê-se: me APERTOU). Me beijou com toda a vontade do mundo em seguida.
-Eu acho que posso começar a gostar de Jogos Vorazes por você -Ele fez uma careta e eu ri.
-Acho que posso aturar seus erros, desde que eles sejam poucos.
-Então... Fechado -Ele disse com um sorriso nos lábios e se aproximando ainda mais de mim, nos envolvendo em um beijo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário