IMAGINE. LEIA. NAVEGUE.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Ficantes pra Sempre?

Eu sou ficante do Liam Payne. Isso aê! Apenas uma ficante, sem relacionamento sério, daqueles que é "assumidão" a todos os familiares do casal. Nem a minha família, nem a dele sabiam disso, e aquilo meio que me doía porque eu acho que estou gostando de verdade do Liam. Eu realmente queria ser mais do que apenas uma ficante pra ele, mas acho que ele não me amava o bastante pra isso, o que é uma pena...
Nesse momento estou deitada na minha cama, fazendo nada, apenas olhando pro teto, quando minha mãe aparece no quarto:

Mãe: Filha, seu amigo Liam, está ai, veio te visitar. Aviso a ele que voce já vai descer? -"amigo", aquela palavra naquela frase não combinava.
(s.n): Sim, mãe. Avisa a ele que depois to descendo. Só vou colocar um short...

Minha mãe desceu novamente, e eu fui no meu banheiro, trocando meu short levemente confortável, por um jeans bem escuro. Penteei meu cabelo e escovei os dentes. Desci e vi Liam sentado no sofá, vendo um jogo de futebol americano. Sorri ao vê-lo. 

(s.n): Senhor, Payne, me recuso a acreditar que você assiste jogos como esse.
Liam: Eles são legais, tá? E voce é menina, nunca gostaria disso mesmo....
(s.n): Se você diz isso, né -me sentei ao lado dele- O que manda?
Liam: Eu preciso conversar com você. Vamos, sei lá, tomar um sorvete? -ele parecia nervoso-
(s.n): Claro, mas voce está bem? 
Liam: Sim, por que eu não estaria ?
(s.n): Não sei, voce tá diferente -ri- deve ser impressão minha. Vamos?
Liam: Claro, vamos! 

Eu falei com minha mãe, e nós saímos, indo em direção a sorveteria conhecida como a melhor de toda Londres. Fizemos nossos pedidos, e assim que pegamos nossos sorvetes, ficamos andando, e comendo o sorvete, até entrarmos tipo num bosque. Gostamos daquele lugar, mas não queriamos nos perder, então sentamos num banco que tinha lá, ainda comendo nosso sorvete, Liam disse:

Liam: Sabe, (s.n), nós já ficamos há bastante tempo -ele me olhava fixamente- e isso é legal, né?
(s.n):  Claro que é, e eu acho ainda mais legal, acima disso, sermos bastante amigos.
Liam: Verdade. Eu não sei outra forma de dizer isso, mas -ele acabou com seu sorvete- Eu estou gostando de verdade de você -Acho que meu coração foi a mil, mas ao mesmo tempo eu tentava anexar aquela informação linda e maravilhosa na minha cabeça confusa.
(s.n): Liam, você tá falando sério mesmo? Porque eu... eu também estava gostando mais que você do que o normal, e -ele me interrompeu-
Liam: Aceita namorar comigo? -Eu não sei se estou bem, sem brincadeira. Eu já ficava com o Liam a dois meses, sei lá. Meu Deus, que sonho! *u*
(s.n): Sim, sim, sim, mais que sim, claro, com certeza! -chorei, e o beijei-
Liam: Não sei como fiquei esse tempo todo sendo apenas seu ficante, podendo ser seu namorado! Eu não quero que nós sejamos ficantes pra sempre, né? Eu te amo, acho que você é a mulher da minha vida.
(s.n): Liam, eu te amo também, e eu acho que você é o homem da minha vida.




Nenhum comentário:

Postar um comentário